Dicas do Cartola – Rodada 22

Fala, galera. Rodada de muitos gols no Brasileiro, times grandes confirmando favoritismo, mas quem precisava mitar, não mitou. Começando pelo nosso “Capitão Ken Taki” Everton Cebolinha. O Grêmio fez 6 gols e ele não passou de uma assistência no jogo com o Avaí. A mesma coisa aconteceu com as defesas. Goleadas, mas nada de segurar o SG. Foi assim nos jogos do Palmeiras, Grêmio e Athletico. O Jaguatirica FC fez 76 pontos e não foi muito bem já que muita gente passou longe dos 100 pontos. Na “Liga do Fachina” destaque para o time Santa Bera, do cartoleiro Will Muraro, com 131.47 pontos. A liderança continua nas mesmas mãos e nada de mudança. O vencedor do primeiro turno, Adriano Rattmann e o Cerveja Bendicta, lideram com 1.791 pontos. Vamos pra mais uma rodada.

Goleiros
Uma rodada bem complicada pra goleiros dessa vez. Apesar da valorização depois da mitada na rodada passada, na minha opinião Tadeu, do Goiás, é o melhor nome pra posição. O Goiás está ascensão e pega o Cruzeiro em crise. Além disso, o time mineiro é o segundo que mais cedeu defesas difíceis como visitante até aqui: já são 9. Dá pra acreditar em SG e mais alguns pontos de defesa. O segundo nome é Cleiton, do Atlético Mineiro. Claro que o Galo não vive bom momento, mas precisa muito da vitória em casa contra o Ceará. Aliás, o time cearense é o que mais cedeu defesas difíceis como visitante até aqui. Já são 14 no campeonato jogando fora de casa. Pra fechar temos Cássio, do Corinthians. A fase do goleiro do Timão não é das melhores, mas em casa contra o Vasco pode sair com o SG. Mais opções: Santos, do Athletico, e Diego Alves, do São Paulo.

Laterais
Abro com os laterais do Flamengo, Rafinha e Filipe Luís. Ambos pontuaram muito bem no jogo difícil contra o Inter mesmo sem o saldo de gol. Rafinha é mais participativo no ataque, já Filipe Luís defende muito bem. Contra o São Paulo ambos devem ir bem. Danilo Avelar é outro que vinha se destacando nos jogos do Corinthians e, em casa, recebe o Vasco. Chance de SG e quem sabe de alguma aparição no ataque. Também tem o risco de escalar os laterais do Bahia por ser um jogo fora de casa. Mas o Avaí é um time bem instável enquanto o tricolor baiano tem feito boas partidas como visitante. Se você quiser arriscar, Moisés e Nino Paraíba são boas opções. Mais nomes: Mádson, do Athletico, e Fágner, do Corinthians.

Zagueiros
Começo com Rafael Faz, do Goiás. Tem feito grandes jogos, principalmente em casa. Inclusive marcando gols de falta ou de cabeça. Recebe o Cruzeiro e pode sair com uma excelente pontuação se conseguir segurar o SG. O segundo nome é Réver, do Atlético Mineiro. O Galo recebe o Ceará em fase complicada e sem marcar muitos gols. Além disso, é um dos times que mais cedem roubadas de bolas para zagueiros como visitante. Manoel, do Corinthians, também é um bom nome pra rodada. O Timão toma poucos gols e nessa rodada recebe o frágil time do Vasco. Pra fechar temos Lucas Veríssimo, do Santos. Vem de pontuação do jogo com o Fluminense por ter marcado um gol contra, mas o Peixe recebe o CSA e ele tem boas chances de recuperação. Outras alternativas: Pablo Marí, do Flamengo, e Léo Pereira, do Athletico.

Meias
Claro que mais uma vez vamos com Arrascaeta, do Flamengo. O uruguaio tá jogando demais e, mesmo nos jogos difíceis, tem atuado muito bem. No jogo com o São Paulo mais uma vez vamos na confiança e vamos escalar ele. O segundo nome é Nikão, do Athetico. O meia atleticano voltou a jogar muito bem e está sendo decisivo nos jogos do Furacão. Contra a Chapecoense, em casa, ele deve ter destaque. Apesar do momento meio complicado do time, vamos acreditar em Pedrinho, do Corinthians. O timão precisa voltar a vencer em casa e não pode deixar passar a oportunidade contra o Vasco. Se você prefere meias mais marcadores, temos as opções de Léo Sena, do Goiás, e Patrick, do Inter. Mas a rodada tem outras várias opções: Gérson, do Flamengo, Rodrigo Lindoso, do Inter, Léo Citadini, do Athletico, e Soteldo, do Santos.

Atacantes
Dessa vez vou arriscar nos dois caras do Flamengo. Tô apostando muito numa vitória boa do time carioca contra o São Paulo, em crise, e com Fernando Diniz no comando. Gabriel e Bruno Henrique são os nomes. Um deles vai marcar com certeza, então pra não errar, vamos com ambos. Se a rotina seguir, ambos balançam as redes do tricolor paulista. O terceiro nome será Rodrigo Sasha, do Santos. O peixe vem de resultados negativos, mas vai receber o CSA e deve vencer. Ele vai deixar o dele nesse jogo. Também temos a opção de escalar Rony, do Athletico. Jogador muito voluntarioso e chega pra finalizar. Se tiver num dia bom, marca e pontua muito bem. Mais nomes: Michael, do Goiás, Marco Ruben, do Athletico, e Di Santo, do Atlético Mineiro.

Treinadores
Vamos com o Tiago Nunes. Acreditando na boa fase do Furacão e nas vitórias do time rubro-negra em casa, acredito que ele e seus comandados vencem o jogo contra a Chapecoense sem maiores problemas. A segunda opção é Jorge Jesus. Como disse, acho que o Flamengo vai seguir com a grande fase e aproveitar a crise do São Paulo pra ganhar bem esse jogo.

Capitão Ken Taki
Mais uma vez, sem fugir da segurança, novamente Arrascaeta vai ficar com a braçadeira de “Capitão Ken Taki” da rodada. Meia que dá assistências e faz gols, é um dos melhores jogadores do campeonato. Vai com tudo pra cima do tricolor paulista.

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter